• Ângelo Sereno

A arte floral através dos tempos

Atualizado: 11 de Mar de 2019


Quem nunca arrumou um vaso bonito de flores para receber uma visita ou para deixar a casa ainda mais bonita? Todo mundo já foi, ou ainda é, um pouco designer floral. Os arranjos sempre fizeram parte da decoração e a arte floral é bem mais antiga do que nós imaginamos.


Em rituais antigos de povos como os egípcios, bem antes de Cristo, as flores e plantas já faziam parte do adornamento dos locais sagrados e também das casas. Esse povo tinha uma adoração pela famosa Flor de Lótus, que faz parte da mitologia dos egípcios.


Livros históricos apontam que os chineses já desenvolviam a arte floral no período de 202 a.C (antes de Cristo) e 220 d.C (depois de Cristo). E no Japão o designer floral foi refinado com arranjos sofisticados e cheios de simbolismo: o ikebana, que surgiu a partir das decorações elaboradas pelos religiosos para os altares em homenagem a Buda. Até 1868, apenas os homens podiam fazer esses arranjos.


No Ocidente, em civilizações como Grécia e Roma, as flores eram colocadas em adornos, como as coroas e guirlandas de flores, que prestavam homenagens em ocasiões especiais. Em Roma, as coroas simbolizavam vitórias. Elas eram oferecidas aos militares e comandantes após triunfos em combate.


Mais recentemente, já no século 18, franceses e ingleses passaram a dominar o estilo de arte dos arranjos florais. Surgiu nessa época a delicadeza dos buquês de flores. Os arranjos passaram a ter tons mais delicados, que tinham como objetivo transmitirem mais feminilidade.


Na Inglaterra da Rainha Vitória, entre 1837 e 1901, era proibido expor publicamente os sentimentos. As flores ganharam ainda mais destaque nessa época porque eram os símbolos que traduziam o que os casais sentiam um pelo outro, ou a relação entre amigos e familiares.


Com a chegada do século 20, os arranjos passaram a ter mais exuberância. A arte floral se popularizou. Além disso, a expansão industrial permitiu que mais produtos chegassem ao mercado para a criação de decorações mais sofisticadas e elaboradas.


A criação da espuma floral foi uma inovação que permitiu um salto de qualidade na elaboração dos arranjos florais. O desenvolvimento tecnológico e a globalização trouxeram uma gama imensa de oportunidades, produtos, técnicas e aprendizado que difundiu o designer floral pelo mundo.


Com a internet e as redes sociais, o conhecimento foi ampliado sobre materiais, técnicas, flores, arranjos e mercado. Mas uma coisa continua a mesma desde lá dos egípcios até os dias atuais: as flores sempre vão deixar um ambiente mais bonito, harmonioso e cheio de vida.


Saiba mais sobre encontros de arte floral, exposições e feiras do setor na nossa seção de Eventos.


66 visualizações

PEDIDO DE ORÇAMENTO

(19) 99519-4413

arrow&v